EVENTO LITERÁRIO

20 de outubro de 2003
GALÁXIA HAROLDO
POESIA, MÚSICA, VIDEO E DANÇA
TUCA - São Paulo

Uma noite de homenagem, no sentido mais exato da palavra. Foi assim a gravação do especial Galáxia Haroldo, dia 20 de outubro, organizado pela AAAH Associação Amigos da Arte de Haroldo, Tuca e TV Cultura que será exibido pela TV num especial de fim de ano. A gravação aconteceu no TUCA, nos arredores de onde morou Haroldo de Campos, o grande homenageado da noite, morto há cerca de dois meses. Foi uma noite de poesia, em que subiram ao palco do teatro grandes nomes, como Augusto de Campos , Arnaldo Antunes,Tadeu Jungle, Lucio Agra e Boris Schnaiderman, Lenora de Barros, Giulia Gam e Beth Coelho (lendo, juntas, o Monólogo de Molly Bloom, recriado por Haroldo para a língua portuguesa, em um dos melhores momentos do evento), Aguillar, Mônica Rodrigues da Costa, Alice Ruiz e Caetano Veloso, entre muitos outros, para prestar tributo a um dos pais do Concretismo. Todos com a única intenção de lembrar e celebrar Haroldo, em homenagens simples, pungentes. Todos estavam lá de maneira humilde, para abrilhantar a obra, e não o intérprete, de músicas, poemas, textos, traduções, transcriações; debruçando-se aos pés de Haroldo, para reverenciá-lo.
Desde o Gênese, a obra de Haroldo de Campos faz aguçar todos os sentidos com a palavra: as projeções no palco davam um exemplo disso. A música e a cadência na poesia das palavras desconstruídas e resignificadas de Haroldo emprestam sentido ao mundo.
Se há quem diga que Haroldo foi um homem à frente de seu tempo, é preciso atentar para a ironia envolvida nisso: quando o tempo da arte de Haroldo chega (porque ela tem sido a cada dia mais bem-acolhida), não há mais homem que continue a obra. Mas a obra de Haroldo é concreta, e sustenta-se sozinha. A palavra como símbolo maior da existência.

Reportagem: Homero Sergio e Renata Albuquerque
Fotos: Anselmo Gomes

EXPOSIÇÃO
Publicações em jornais
Mostra de livros do poeta Haroldo de Campos
A exposição no Foyer do Tuca
Souzândrade - poesia por Augusto e
Haroldo de Campos
Fotos antigas
Capa do livro Galáxias
O poema A Morte Vestida de Verde-Jade
A mostra sobre Haroldo traz poemas fotos, livros e raridades

GALÁXIA HAROLDO
GRAVAÇÃO DE ESPECIAL PARA TV CULTURA












O artista plástico Aguilar abriu o evento com
uma obra para Haroldo de Campos












Alberto Marsicano
Augusto de Campos
Cid Campos e Lívio Tragtenberg
As atrizes Bete Coelho e Giulia Gam
Horácio Costa - Teoria e prática do poema 1952
Amálio Pinheiro - O Que É de César
Frederico Barbosa
Solistas do Madrigal Ars Viva - Nasce Morre - 1963
Maria Lúcia Santaella
Arnaldo Antunes - Anamorfose - 1949
Denise Milan e Rodrigo Milan
Júlio Mendonça
Edvaldo Santana - Torto - 1988
Alice Ruiz
Péricles Cavalcanti - Ode Primitiva - 1991
Omar Khouri - Fragmentos da Poeta Grega Safo
Marcelo Tápia e Sílvia Zambon (Flauta Irlandesa)
poema-homenagem "Visões do Paraíso"
Mônica Costa
Jorge Montesino
Lenora de Barros - Fome de Forma - 1957
João Bandeira - No Jornalário
Ivan de Campos
Lenora de Barros e Arnaldo Antunes
Jerusa Ferreira
Lucila e Lívio Tragtenberg - Qohélet - 1989
Beatriz Amaral e Alberto Marcicano
Tadeu Jungle - Feiura
Cid Campos e Madalena Bernardes
Madalena Bernardes - Crisantempo - 2001
Yun Jung Im e Michel Sleiman - Galáxias 1 e Começo Aqui - 1963 - tradução para o Coreano e Árabe
Lúcio Agra e Boris Schnaiderman - Encantação pelo Riso
Gisela Morreau e Rita Brandi
Claudio Daniel - Tenzone - 1985
Cid Campos e Lica Cecato - Japan Rap
Alberto Marsicano e Juliana Maria
Darci Kuzano
Jaques Morelembaum
Jaques Morelembaum e Caetano Veloso -
Circuladô de Fulô - Fragmento Galaxia - 1991
Caetano Veloso
Caetano Veloso
A platéia participou da gravação do especial Galáxia Haroldo, no Tuca

"Extrema sensibilidade"

"Considero Circuladô um dos momentos mais altos da produção de Caetano. É um CD no qual ele retoma a interessante linha de experimentalismo do disco Araçá Azul, de 1973, harmonizando-o com o cantabile de sua canções mais pulsivas e singelas. Devo destacar que o trabalho que ele fez, ao músicar o fragmento 'Circuladô de Fulô', de minhas 'Galáxias' (poemas), é particularmente admirável por retratar com fidelidade seu conteúdo. Caetano ouviu-me ler esse texto apenas uma vez - recordo-me que foi em 1969 -, quando tive oportunidade de visitá-lo no seu exílio londrino. Para mim, foi gratificante. Ele soube restituir-me com extrema sensibilidade - uma característica dele - o clima do meu poema, que é, todo ele, voltado à celebração da inventidade dos cantadores nordestinos no plano da linguagem e do som, na grande tradição oral dos trovadores medievais"

Haroldo de Campos - 1991


Anselmo Gomes é Jornalista, Produtor de imagens, Fotógrafo, Designer Gráfico, Repórter, Editor de texto, imagens, áudio e vídeo. Atualmente trabalha com projetos especiais, ligados à comunicação em mídia impressa e eletrônica.
e-mail: redacao@literaturaonline.com.br
Homero Sergio de Moura é Jornalista, formado pela faculdade Cásper Líbero, Editor, Repórter Fotográfico. Trabalhou na Folha de S. Paulo, O Globo do Rio de Janeiro, Revista Isto É e Diário Popular. Free-lancer: atualmente atua junto às assessorias de imprensa, editoras e Organizações do Terceiro Setor.
e-mail: homero.sergio@terra.com.br
Renata de Albuquerque é jornalista formada pela Faculdade de Comunicação Cásper Líbero e atua como free lancer em publicações da área cultural. Trabalha com literatura desde 2000. Além de escrever no site Literatura on Line, colabora com outros veículos, como a revista CULT e o site Capitu. Foi jornalista responsável pela revista Insight (sobre psicanálise) e editora-assistente da revista Seasons (para mulheres maduras).
e-mail:
realbuquerque@uol.com.br