23 de abril de 2003
ESQUINA DA PALAVRA
Lygia Fagundes Telles e Ana Miranda
Itaú Cultural
Certa vez visitando o Brasil, o escritor Faulkner ao desembarcar foi logo perguntando: Onde está aquela linda e jovem escritora que tem os olhos verdes e puxados como gatos? Ele procurava pela futura autora de As Meninas que ainda estudante de direito do Largo São Francisco sonhava um dia em "mudar o mundo". A jovem com olhos de gato acabou imortalizada em desenho de autoria da amiga e escritora Ana Miranda com quem dividiu o encontro literário da esquina da palavra. Faulkner que "tomou todas" desde a chegada até a partida, acabou esquecendo no hotel uma sacola cheia com livros que ganhou de escritores brasileiros. Livros em português que certamente jamais leria. Lygia doou os livros. Se arrependeu.
Essas e muitas outras passagens foram deliciosamente narradas por Lygia e Ana no encontro promovido pelo Itaú Cultural e teve transmissão on line e mediação de Claudiney Ferreira.
Casa lotada para ouvir relatos sobre gatos sempre secretos, cavernas,homem caviloso, cachorros, cachorradas, infância, anjo de procissão, solidão, personagens que morrem e querem renascer, ênfase, pai (lindo) de chapéu palheta e charuto, tio morto dentro de um vulcão, Sertãozinho, Casemiro de Abreu, pájens, não babás! vinhos (apenas dois copos) escritores queridos como Raduan, Cony, Loyola e Frei Betto, madre Alix, Ana Turva, linda e deliciosamente subversiva em As Meninas, tortura, esgrima que já não se ensina na escola... Fotos de bailarinas com a irmã Marlui, tímida aos 19 anos no serrado do planalto central. Fortaleza, Rio de Janeiro, casas, mudanças, muitas mudanças, Dias e Dias e uma enorme admiração pela escritora amiga. Pouco espaço pra contar tudo. Lygia concluiu sua fala lembrando de um simplório bilhete que recebeu numa palestra e ainda guarda com ela que dizia: "ler ser livros já me salvou da solidão algumas vezes". Ao que Ana emocionada emendou: "ler seus livros já me salvou da solidão várias vezes.
Reportagem: Homero Sergio
Fotos: Anselmo Gomes
Lygia Fagundes Telles
Lygia e Ana
Ana Miranda
Ana Miranda
Lygia com um exemplar de As Meninas
Lygia Fagundes Telles
Lygia Fagundes Telles
Ana Miranda, autora de Noturnos
Auditório do Itaú Cultural lotado
Esquina da palavra, espaço nobre para o encontro de discussão literária
Lygia e o desenho da amiga Ana Miranda
Lygia Fagundes Telles
Lygia Fagundes Telles
Claudiney, Lygia e Ana
Encontro de escritores na Esquina da Palavra
Auditório do Itaú Cultural
Lygia Fagundes Telles
Lygia Fagundes Telles
Lygia Fagundes Telles
Lygia Fagundes Telles
Vista geral do mesanino
Ana Miranda
Lygia Fagundes Telles
Claudiney Ferreira
Lygia Fagundes Telles
Ana autografando ao lado de Lygia
Fila de autógrafos no saguão do Itaú Cultural
Ana autografando ao lado de Lygia
Lygia Fagundes Telles
Autógrafo de Lygia, num exemplar
de As Meninas que completa 30 anos
Ana autografando ao lado de Lygia

Homero Sergio de Moura é Jornalista, Editor, Repórter Fotográfico. Trabalhou na Folha de São Paulo, O Globo do Rio de Janeiro, Revista Isto É e Diário Popular.
Free-lancer: atualmente atua junto às assessorias de imprensa, editoras e Organizações do Terceiro Setor.
e-mail: homero.sergio@uol.com.br
Anselmo Gomes é Jornalista, Fotógrafo, Designer Gráfico, Repórter, Editor de texto e imagens.
Atualmente trabalha com projetos especiais, ligados à comunicação em mídia impressa e eletrônica
e-mail: redacao@literaturaonline.com.br